top of page
  • Foto do escritorAGM

Sedec-RS recebe a AGM para avaliar oportunidades de crescimento do setor

Atualizado: 15 de fev. de 2023

Para promover o aumento do mercado de cervejas artesanais do RS, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do RS (Sedec-RS), recebeu representantes da Associação Gaúcha das Microcervejarias (AGM), nesta terça-feira (14). A reunião teve como objetivo estreitar a parceria com o Executivo para o crescimento das microcervejarias, que são responsáveis por mais de 50% da geração de emprego nesta área da economia gaúcha.


O secretário da Sedec-RS, Ernani Polo, disse que a pasta está aberta ao diálogo, uma vez que entende que esse setor contribui para o desenvolvimento econômico. ”As microcervejarias artesanais representam um setor muito importante no aspecto econômico e social para o Estado e que tem um grande potencial de crescimento. Portanto, possuem todo nosso apoio para que possamos juntos realizar ações para que isso aconteça”, destaca o secretário Polo. O secretário vai estudar a viabilidade do pleito e levar à discussão para o governador Eduardo Leite.


Um dos principais pleitos é em relação à capacidade de produção anual em volume de litros. Atualmente, as cervejarias artesanais gaúchas têm limite de 3 milhões de litros por ano. A associação está solicitando via governo a equiparação com os estados de Santa Catarina e Paraná, que permitem a produção de até 5 milhões de litros por ano, sem limite mensal estabelecido.


O atual tesoureiro da AGM, Christian Bonotto, “Este limite de 3 milhões por ano restringe nossas empresas e implica em perdas de competividade, pois muitos destes volumes são direcionados ao nosso Estado. Buscamos com a ampliação do limite anual incentivar o desenvolvimento regional nos 109 municípios gaúchos que possuem microcervejarias.Levamos esta pauta ao secretário Ernani Polo, pois a Sedec tem esse foco de estímulo ao empreendedorismo”, diz Bonotto.



O encontro foi viabilizado pelo ex-deputado federal Jerônimo Goergen, que ajudou o segmento durante os mandatos. Associação das Microcervejarias Artesanais representa mais de 500 empresas, sendo 285 microcervejarias registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e mais de 300 cervejarias ciganas, que são cervejeiros que não têm fábrica, mas produzem nem indústrias que operam no segmento.


Fonte: ASCOM SEDEC - ALEXANDRE FARINA E TAIS TEIXEIRA






26 visualizações0 comentário
bottom of page